BENEFÍCIOS DA PRÁTICA DA MEDITAÇÃO EM ADOLESCENTES

Este trabalho pretende pesquisar os benefícios da prática da meditação em adolescente através de entrevistas e pesquisas em sites da internet.

Meditar é familiarizar a mente, de maneira constante e profunda, consiste em práticas diárias envolvendo essencialmente concentração da atenção. A meditação cumpre muitas funções: supera problemas interiores, como aqueles criados pela raiva, inveja, apego e ignorância; controla nossa mente e acarreta paz interior; habilita-nos a cultivar intenções virtuosas. Praticando meditação, adquirimos em muitos níveis de realização espiritual e evoluímos para estados cada vez mais elevados, além de criarmos uma capacidade maior ainda de concentração e calma. O que é muito importante e necessário para adolescentes, considerando que ainda estão em fase de desenvolvimento.

Como exemplo, a meditação conhecida como mindfulness – marcada pela concentração no momento atual – parece aumentar o bem estar dos adolescentes, segundo recente estudo da Universidade de Cambridge, na Inglaterra. Avaliando 155 garotos de 14 e 15 anos, os pesquisadores notaram que um programa com aulas semanais de 40 minutos de meditação e mais oito minutos diários de exercícios de concentração e redução de estresse pode trazer benefícios significativos para os jovens. “A meditação reduz a ansiedade, torna a respiração equilibrada e profunda e melhora a oxigenação e a freqüência cardíaca. Seu reflexo no sono é um repouso mais tranquilo, sem interrupções. Além disso, ela atenua enxaquecas e resfriados, acelera a recuperação no pós-operatório e auxilia a digestão alimentar. No campo psíquico, a prática mantém a pessoa num relativo estado de equilíbrio, com uma lucidez que a impede de entrar em conflitos emocionais internos, principalmente de origem afetiva. Há, por parte de quem a pratica, muito mais clareza mental, objetividade, paciência, compreensão e justiça.”

Crianças e adolescentes com problemas de socialização ou deprimidos também podem ser beneficiados por essa prática. Ansiedade e depressão, por exemplo, são sintomas de estresse. Crianças e adolescentes sempre encontram estresse em casa e na escola, assim como os adultos em seus trabalhos e relacionamentos. Estudos demonstraram que a técnica da meditação não apenas reduz o estresse, mas aumenta a felicidade, e resulta em melhor flexibilidade, habilidade social, ou autoestima. Quando crianças e adolescentes aprendem o programa de meditação, eles tendem a encontrar aprovação dentro de si mesmos, em vez de necessitar de aprovação de fora deles, o que leva a uma maior independência e menos influência da pressão dos colegas.

Com o trabalho e com as pesquisas feitas, notei que a meditação ajuda a ter um controle emocional mais adequado, melhor, de modo que não se torne um adolescente estressado ou isolado, e tenha perfeitamente compreensão sobre as coisas sentimentais e racionais. O outro ponto benéfico é no organismo, que acalma os estágios da sua transformação óssea e muscular, sem que fiquem deformidades de assimetria no corpo, além de beneficiar a coluna devido os alongamentos que é feito na meditação.

Bibliografia:
http://www.universopsi.com.br/psicologia.html

http://colunas.revistaepoca.globo.com/felipepatury/tag/meditacao/

http://www.meditacaotranscendental.com.br/beneficios-infancia-adolescencia-desordens/#q05

http://boasaude.uol.com.br/lib/showdoc.cfm?LibCatID=-1&Search=ansiedade&LibDocID=5366&fb_source=message

http://coracaodesabedoria.blogspot.com.br/2009/05/o-que-e-meditar-e-como-praticar.html

http://www.possibilidades.com.br/meditacao/o_que_eh.asp