SALA DE AULA DA VIDEO AULA 1 e 2 A 2 – De fora pra dentro

Esta conversa contém resposta, possui 1 pessoa e foi atualizada pela última vez por lux maia lux maia 6 meses, 3 semanas atrás.

  • Autor
    Posts
  • #2162
    lux maia
    lux maia
    Participante

    Ambos fazem uma relação entre o sistema educacional e a limitação da potência humana.

    O centro da apresentação de Lito me parece ser estimular a percepção do nosso condicionamento cultural (mecanização da vida) por meio da exposição ode algumas de suas características e consequências quais sejam: o despreparo pra intuição, a adormecida autoconsciência, a autonomia e a perda da Vida, da potência pelo desânimo ou pelo piloto automático.

    Estimula assim que tomemos decisões com base no nosso pulso interior, algo do coração e não da mente e das programações que já possuímos.

    O Sir faz uma trajetória mais detalhada para explicar a estruturação do sistema educacional majoritário. Usa os conceitos de Estética e Anestesia para indicar como tem sido feito fortemente a conservação de um sistema educacional falido e, inclusive, contraditório com todo um contexto externo de super estímulos.

    Me aprece que o ciclo vicioso funciona assim: a vida está cheia estímulos para consumo; o menosprezo da época iluminista por quem não tinha capital econômico e social/intelectual continua; assim, a escola pública não avança para que também as pessoas não avancem (filtro socioeconômico); não se educa o ser, mecaniza-se as pessoas, mantém-se a domesticação humana; desta domesticação (escolar e geral) e do excesso de estímulos, surge o TDAH e com ele o mercado das drogas pra controlá-lo. Por fim, fecha-se um ciclo em que a domesticação do humano gera problemas de saúde e vende medicamentos. O consumo e a anestesia são palavras-chave. Confortably numbs ficamos e seguimos.

    Inclusive, esse vídeo do Ken me parece uma expressão forte da tentativa de domínio da Natureza que, resistindo, mostra sua força por meio de nossas crianças: parece que ela está manifestando o desequilíbrio que o homem provoca por esses transtornos, canceres, doenças autoimunes, assim como os sinais de clima, desertificação, pragas, extinção de espécies de fauna e flora. A natureza está se manifestando e pedindo mudanças conscientes / sustentáveis.
    Tem um episódio do Avatar, a Lenda de Aang (the headband) que mostra, resumidamente neste episódio com 1/3 do tempo do episódio normal, alguns condicionamentos da nação que está dominando o mundo. Mostra a rídica disciplina escolar, a proibição da dança, a arte condicionada a adoração de um único caminho etc. Também vale relembrar Another Brick in the Wall do Pink Floyd, a Educação Proibida dentre outros.

    De fora pra dentro tem sido fortemente realizado um movimento de colonização dos impulsos de vida, de criatividade, de potencia e de amor de todos nós. O campo de batalha é dentro de nós. Fortalecer nosso espírito para iluminar de dentro pra fora essas trevas congelantes de corações.

Você deve fazer login para responder a esta conversa.