Meditação

 

Luiza T.1105

“A meditação é uma aventura rumo ao desconhecido, a maior aventura que a mente humana é capaz de empreender.” – Osho

A meditação não tem uma origem certa, sendo vista em vários povos, épocas e religiões. Foi disseminada principalmente pela cultura oriental, por sua prática no Budismo, Sufismo e algumas artes marciais.

Chamamos de meditação o estado em que o praticante não está fazendo absolutamente nada. É estar apenas existindo. Até mesmo se concentrar é fazer algo. A meditação é estar voltado para dentro de si mesmo, de modo relaxado, imperturbável. É possível viver normalmente sem que se interrompa a meditação, tendo o cuidado de manter seu centro calmo e silencioso, ainda que percebendo e estando atento ao que acontece em volta. O importante é também observar seu interior. “O segredo da meditação é tornar-se o observador”. A consciência de si mesmo deve permanecer sem perturbações.

Meditar é uma prática utilizada, principalmente, para relaxamento, desenvolvimento da disciplina mental ou obtenção de respostas a respeito da natureza, de si mesmo e da figura divina. Muitos praticantes da meditação relatam melhora na concentração, consciência, disciplina e relação com outros.     

A partir de minhas não muitas experiências no campo da meditação, pude notar certos avanços no que diz respeito ao autoconhecimento. Ao iniciar uma sessão, não se sabe ao certo o que esperar, pois a própria mente ainda é uma surpresa. No entanto, quando o exercício de contemplação dos pensamentos provenientes da meditação acaba, um pouco mais é conhecido, de modo que se torna mais fácil lidar com situações difíceis ou estressantes por saber melhor como nossos sentimentos e ações funcionam. A respiração também acaba mais tranqüila, a pressa é deixada. Também traz resultados satisfatórios a prática da meditação fora de grupos, pois é possível tomar um tempo maior para decodificar esse momento.

     “A meditação é um crescimento: um crescimento de sua vida,de todo o seu viver.” – Osho

 

Bibliografia:

pt.wikipedia.org – Meditação – Acessado em 17 de maio de 2010

www.divinaciencia.com – Acessado em 17 de maio de 2010

OSHO – Meditação: A primeira e última liberdade – Sextante, 2007