Prof Ana Luiz Antunes 

Plano de aula – dia 2/07/2013

Perfil da turma: 2º ano dos anos iniciais do ensino fundamental composta por 31 alunos, com idades entre 6 e 8 anos, em uma escola de turno único/integral.

Justificativa: A referida aula visa por em prática os conhecimentos adquiridos na oficina “Meditação Laica Educacional” buscando relacioná-lo a prática pedagógica. Neste caso, focalizo a relação entre a prática de meditação e a concentração e sensibilidade dos alunos no aguçar criativo para a realização de produções textuais.

Comentários:

Os alunos participaram ativamente das atividades.

Embora já tenha feito as atividades de meditação laica  em alguns dias da semana após o almoço para contrabalançar a agitação e grande quantidade de atividades extras, até então não havia  utilizado como estratégia para uma atividade mais criativa dos alunos de modo a perceber seus efeitos no desempenho escolar.

A prática dessa nova estratégia pedagógica, que contou com a participação de 28 alunos, revelou-se bastante proveitosa para todo o grupo visto que, após a meditação laica educacional os alunos mais “bagunceiros” não tiveram espaço para “aprontar” diante da serenidade dos colegas. Assim, pude notar um trabalho bastante significativo em termos da compreensão da proposta e empenho na realização da tarefa que exigia bastante concentração dos alunos.

Relatório Completo na janela da Professora.

Professora Sylvia Helena Macedo Faria

Professora de Língua Portuguesa do Ensino Médio do Colégio Estadual Antônio Houaiss (situado no bairro do Méier, no Rio de Janeiro) e das escolas municipais Manoel Bonfim (em Del Castilho) e George Summer (no Riachuelo)

A Meditação Laica aproxima educadores e educandos, aproxima vidas e nos faz pensar sobre a importância da emoção para o ser humano. Nesse sentido, o processo de ensino-aprendizagem torna-se mais amplo, mais agradável. Educadores e educandos precisam ser protagonistas de um processo de ensino-aprendizagem subjetivo, no qual a objetividade acontece aliada a um desenvolvimento de subjetividades e singularidades.

A prática da Meditação Laica legitima o que Paulo Freire já havia afirmado em Pedagogia da Autonomia (1996): “me movo como educador, porque primeiro me movo como gente”.

Relatório Completo na janela da Professora.

Professora Silvia Rimes

Nossos encontros me fizeram enxergar que a necessidade de aplicação do método em nossos educandos como forma de facilitação da gritante mudança necessária no paradigma buscando o desenvolvimento de competências:

  • Desenvolver habilidade de controle emocional;

  • Criação de oportunidades para que ele viva seu mundo interno;

  • Desenvolver sua inteligência emocional;

  • Humanizá-los, fazendo com que coloquem sua criação para dentro de si mesmo para que e quem está em seu entorno;

  • Aumentando de concentração, autoconhecimento, relaxamento;

Relatório Completo na janela da Professora.

Professor Gabriel Giesta ( e sua apreciação sobre a Oficina!)

Os encontros da oficina foram momentos especiais de reflexão e relaxamento. Possibilitou pensarmos sobre questões pessoais, sociais, educacionais, políticas, entre outras, principalmente relativas ao âmbito educacional. Da mesma forma, pudemos ter acesso a uma metodologia diferenciada do que se costuma trabalhar nos meios escolares tradicionais. Ao fazer isto, encontramos a possibilidade de trabalhar a subjetividade, inteligência emocional, criatividade, relaxamento, sintonia humana junto com nossos alunos. Estas que são questões pouco investidas nas escolas.

Professor Pedro Luiz Amaral Pereira

Colégio Estadual Professora Evangelina Soares de Moura – 3º ano do ensino médio 

A experiência em trabalhar com a proposta da meditação laica educacional entre os alunos do terceiro ano do ensino médio se fez muito positiva e surpreendente. Ao realizar a prática, constatei que a apatia se dá, em grande parte, as propostas pedagógicas que o currículo nos “obriga” a trabalhar. As exigências de provas, notas, trabalhos nos tira a espontaneidade e de perceber facetas muito ricas e interessantes de nosso corpo discente. Graças à meditação laica, tive retornos muito interessantes dos alunos, que se mostraram abertos a novas possibilidades de aprendizado. Nesse sentido, acredito que o ponto máximo da proposta é em dar aos alunos a possibilidade de se verem “por dentro”.

Professora Ana Carolina Santos Soares

Turma de 5º ano formada por 38 alunos, na Escola Municipal Professora Maria de Cerqueira e Silva

Apliquei a Meditação Laica Educacional pela terceira vez, e mais uma vez obtive sucesso. Nem todos os alunos fazem. Os que não querem abaixam a cabeça e respeitam os que querem. É gratificante ver quando os que não querem respeitam os outros colegas. Jamais pensei em ver isso naquela turma. Meus alunos após a Meditação Laica Educacional ficam mais calmos, tranquilos e atenciosos. É perceptível a mudança. Atualmente, eu gosto muito de entrar nessa turma. E sinto que meus alunos também gostam.

Professora Isabela Lopes Vaz 

Português

Creio que o maior benefício que a oficina me proporcionou foi este: a minha mudança de olhar, o olhar para dentro. Sei que a prática da meditação laica para uma educação emocional, assim como me proporcionou um crescimento como indivíduo, ao fazer com que eu percebesse o meu avesso e o valorizasse, poderá fazer o mesmo pelos meu alunos futuramente.

Professora Jupira Gomes Macieira Paes

Colégio Estadual Antônio Houaiss
 

O melhor de tudo é claro foi a cara de alguns alunos quando abriram os olhos. Nem eles estavam acreditando que conseguiriam relaxar. Tem mais, como fui eu mesma que apliquei a prova nessa turma, pude ouvir de alguns alunos que eles tinham conseguido se concentrar melhor na prova depois da meditação. E outros que até reclamaram de não terem a oportunidade de repetir a atividade, já que são do terceiro ano do ensino médio e estão deixando a escola.        Foi muito gratificante perder as inibições e finalmente aplicar a meditação laica nessa turma e melhor ainda ouvir as respostas positivas dos alunos. Espero sinceramente poder no ano que vem repetir a meditação em todas as minhas turmas.

Professor Paulo Vinicius Figueiredo dos Santos

Disciplina: História

Gostei também de ter feito as aulas de meditação laica porque estas  quebraram alguns pré-conceitos que eu tinha acerca do tema. Não acreditava antes que isso funcionasse; hoje eu sei que trata-se de uma técnica, exigindo muito treino e dedicação para aperfeiçoá-la. E nada tem a ver com qualquer coisa religiosa, sendo uma prática laica capaz de ser aplicada com qualquer público, bastando o interesse em algo diferente, que possa fazer com que pensemos além de nossos corpos.

 

Professora Lilian Tavares Lobato Valverde

Disciplina Inglês – Turma de 4ºano do Ensino Fundamental

Esta é a terceira semana que aplico a técnica. Na aula de hoje tinha até esquecido mas eles pediram para fazer aquela coisa que os deixa mais calmos e leves. Eu ri e apliquei mais uma vez e foi um sucesso. Quero utilizar esta técnica no próximo ano com todas as turmas e observar os resultados alcançados ao longo de 2014. Aproveito para sugerir que se possível for  faça workshops nas escolas do rio de janeiro divulgando a meditação laica educacional, creio que será um sucesso. Agradeço pelo compartilhar desta ferramenta pedagógica.

Professora Andréa Pereira Correa

turmas 2005, 2004 e 3004, correspondentes aos 2º e 3º anos do Ensino Médio

Essa foi a minha primeira experiência aplicando a meditação laica na escola.  Confesso que fiquei bastante ansiosa para saber como seria e como os alunos receberiam a novidade.  Daquele dia em diante, realizei a meditação com todas as minhas outras turmas e o resultado foi bem próximo.  Hoje, continuo iniciando as aulas com a meditação e gostaria de ressaltar a turma 2004, que tinha uma freqüência baixa devido ao horário da aula e, comprovadamente pelo diário escolar, a freqüência aumentou. Ouço alunos dizendo que só foram à escola por causa da meditação.  Na última quinta-feira, dia 19 de setembro, decidi fazer a meditação no final da aula com os alunos que desejassem. Era uma aula apenas de revisão para a prova. Fiz a revisão e disse que os alunos que quisessem poderiam ir embora. Incrivelmente, apenas 6 dos 25 alunos que estavam na sala, foram embora.  Muitos elogios foram declamados.  Senti-me muito bem e gratificada. Espero tornar-me uma professora melhor e mais próxima dos meus alunos. Minha motivação aumentou.

Obrigada PRD pela mudança que gerou na minha vida. Obrigada professora Cláudia por ter descoberto esta técnica inovadora para melhorar o ensino nas escolas públicas principalmente.